terça-feira, 29 de setembro de 2009

OPE e J2J se apresentam em homenagem aos idosos

A J2J e a OPE se apresentam juntas, pela primeira vez, no palco do TCA

Na última terça-feira, 22 de setembro, os jovens do NEOJIBÁ apresentaram um concerto muito especial em homenagem ao mês do Idoso. Pelo segundo ano consecutivo, o CREASI (Centro de Referência Estadual de Atenção a Saúde do Idoso) levou mais de 1.000 pessoas à sala principal do Teatro Castro Alves e puderam assistir gratuitamente ao programa.
Em primeira mão puderam ver uma série de concertos, tendo como solistas alguns integrantes da Juvenil 2 de Julho (J2J), como o Concerto em Lá menor de Bach para Violino, executado por Rebecca Baratto, o concerto para Dois violinos de Vivaldi, tocado pelas irmãs Hosana e Helena Ibarra, o concerto para Fagote de Mozart, por Abner Silva e o concerto para Flauta Transversal e Harpa de Mozart, executado pela flautista Ana Júlia Bittencourt e a harpista Mariana Tudor.

Após os concertos, pela primeira vez ao longo destes dois anos de existência á J2J uniu-se à Orquestra Pedagógica Experimental (OPE), onde tocaram com muito vigor a Dança Húngara de Brahms. Logo depois, a J2J despede-se do publico – no dia seguinte 60 integrantes embarcaram para a Venezuela – se junta à platéia, e a OPE finaliza o programa com o Te Deum de Richard Wagner e o Carinhoso de Pixinguinha, com direito a dança e a um discreto coral formado pelo público. Como bis repetiram a Dança Húngara, só que desta vez sem a presença da J2J e das partituras, arrancando muitos aplausos da plateia.

O CREASI é a unidade de referência da Secretaria de Saúde do Estado para atendimento ao idoso. Localizado no Centro de Atenção à Saúde Professor José Maria de Magalhães Netto, próximo ao Iguatemi, o centro já atendeu, desde a inauguração, há seis anos, cerca de 12 mil pacientes. No local, é realizado um trabalho de assistência integral, com atenção individual e em grupo, oficinas terapêuticas, psicoterapia, grupos de convivência, assistência familiar e atividades educativas.

2 comentários:

Ana Júlia disse...

Cada concerto tem o seu significado. Certamente, este foi mais do que especial pois além da apresentação dos solistas, tivemos o momento mágico que foi a junção da Orquestra Juvenil 2 de Julho com à Orquestra Pedagógica Experimental(OPE).
Foi com muita emoção que todos nós tocamos a Dança Húngara de Brahms.
Bravos!!

Clara Letícia ♥ disse...

Eu queria parabenizar á todos os integrantes do projeto NEOJIBÁ por conseguirem estar de pé e proseguindo mais e mais no seu desenvolvimento musical e acadêmico . agradeço aos meus amigos da OCA(orquestra castro alves) por melhoraram muito e por estarem conseguindo realizar os seus sonhos .


Parabéns!